468x60

Moda, música e informação .

Os 13 porquês


                                                     


Eu vejo a hannah Baker como um poste no centro de um corredor super movimentado. É uma visão estranha, obviamente o poste não se encaixa naquele lugar; porém o tempo vai passando e as pessoas do corredor se acostumam com aquela visão estranha.
Acostumam-se tanto que já não lhe dão mais atenção, chegam até a esbarrar no poste e se encostar nele.
E é exatamente desse tipo de situação que o livro trata. 

                                                    ||

O livro aborda um assunto bem delicado, pouco discutido e que desperta bastante dúvidas em relação aos seu motivos de ocorrência frequente. O tema é o suicídio, mais especificamente o suicídio de jovens. 

                                                    
                                          ►

Nada mais clichê do que o cenário da trama ocorrer numa escola, entretanto  todos nós sabemos que é na escola que temos um retrato mais próximo do que é a vida real, e dos tipos de pessoas que poderemos encontrar.

O modo como tratamos o próximo, as chances que deixamos escapar e as coisas que poderíamos ter evitado que acontecessem são temas muito debatidos na história, já que a personagem principal afirma que o “efeito bola de neve” que a vida dela se tornou a levou a tirar a própria vida.

A bola de neve da Hannah foi ficando maior a medida em que os boatos que laçavam contra ela acabavam fazendo com que as pessoas a expelissem, ou então estar no lugar errado na hora errada.

                                                     ||

A história gira em volta da decisão da Hannah em grava fitas com as 13 razões pela qual ela se matou,  as razões no caso são pessoas e o que elas fizeram para contribuir com o "efeito bola de neve". 
Ela envia as fitas para as pessoas que a prejudicaram  um dia  antes de se matar. 

A história tem duas narrativas, o audio das fitas e o efeito que elas tem na vida do Clay - uma das 13 razões pela qual ela se matou- o sofrimento do garoto, todo o sentimento de culpa e negação foram bem trabalhados pelo autor.

                                                    ||


 Na minha singela opinião a protagonista teve mente fraca, e por estar sozinha sem uma outra visão da situação as coisas pioraram. Existiram ocasiões pelas quais ela passou que  realmente corroem nossa autoestima, porém em outras ela poderia ter evitado, ou ter saído correndo, mas ela não o fez.

                                                  






Nenhum comentário: